Seguidores

10 agosto, 2014

35 - O XALE - O RETORNO AO LAR




Existem pessoas, pelo mundo afora, que já devem ter ouvido esta expressão:
" O lar fica ali onde está o coração " .

Os grupos nômades de Nativos tinham consciência de que, cada vez que levantavam acampamento e se mudavam par outro local, o seu lar se mudava junto com eles. O lar não era constituído somente pelas residências móveis ou pelos pertences do Povo Tribal, mas, acima de tudo, representava a ligação com a Mãe Terra e o relacionamento entre as pessoas da Tribo.
O Lar de qualquer cigano, nômade ou viajante, vive dentro do coração dos entes queridos que representam segurança e proteção onde quer que o viajante esteja.
Quando tomamos o Xale, aprendemos que a Mãe Terra ama todos os seus filhos e acolhe aqueles que voltam para casa, por mais desobedientes que tenham sido. Nós não estamos aqui somente para curar a Mãe Terra; ela é capaz de se curar sozinha. Estamos aqui para nos curarmos e assim podermos descobrir qual o nosso papel na Criação.

No dia de hoje, voce está convidado a voltar para casa. Se voce se esqueceu de voce mesmo recentemente, chegou o momento de recordar sua essencia e seu potencial. Se voce penetrou num atalho tortuoso ao julgar outros, chegou a hora de retornar ao Lar do coração amoroso e reconhecer o valor existente em todas as lições e em todas as estradas percorridas.
Talvez voce esteja voltando para casa, ou seja, para o encanto e a magia com que conviveu no passado, ou então para um novo estado de euforia e felicidade.
Em todo caso, voce está retornando a um modo de ser que já fez parte de seu passado, e que ficou esquecido por um longo tempo. Todo mundo sente a necessidade de buscar a forma mais simples de viver feliz.
Se voce se esqueceu de buscar aquelas verdades tao simples e que já lhe trouxeram tanta alegria interior, está na hora de voltar para casa.
Vestir o Xale é voltar para casa, para os braços da Mãe Terra; é voltar a ser amado. Tome seu Xale e sinta também a responsabilidade
de amar os outros, de amar aqueles que se esqueceram de trilhar o Caminho Sagrado, que não encontraram ainda o Caminho de volta ao Lar.

By Vera Tanka

Nenhum comentário:

Postar um comentário